top of page

Título

Faces femininas do conservadorismo: filantropas e feministas brasileiras no começo do século XX

 

Autora

Ana Paula Vosne Martins

 

Apresentação

Quem são as mulheres conservadoras? Desde meados do século XIX autores republicanos, anticlericais e também antifeministas afirmavam que as mulheres eram, por sua natureza, conservadoras, "quinta-colunas" da Igreja, do clero e também da monarquia, portanto, seria muito perigoso que a elas fosse permitido o sufrágio, o acesso aos direitos políticos. Neste livro, procura-se interpelar não apenas a definição determinista e limitada das mulheres que se envolveram com a filantropia, mas igualmente do conservadorismo. Mulheres mais conservadoras e adequadas as performances mais convencionais de classe e gênero, não foram menos atuantes no espaço público, nem conformadas e silenciosas. A sua maneira, elaboraram críticas à sociedade e às limitações impostas às mulheres pelos preconceitos.
Ao ampliar o foco analitico para as trajetórias biográficas, as ações e as ideias das mulheres de elite, se espera, com este livro, contribuir para a construção de uma visão mais dinâmica e plural do fenômeno conservador, um exercício de reflexão histórica sobre o passado em comunicação com os desafios políticos do presente.

 

Formato

16x23cm

 

Número de páginas

296

 

ISBN

978-65-5380-155-4

 

Sobre a autora

Professora titular do Departamento de História da Universidade Federal do Paraná e bolsista de produtividade do CNPq. É doutora em História pela UNICAMP, tendo realizado pós-doutorado na Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz em 2005 e na Universidade Federal Fluminense em 2016. Atualmente pesquisa a escrita de mulheres, o ativismo católico e as expressões do conservadorismo feminino.

Faces femininas do conservadorismo: filantropas e feministas brasileiras [...]

R$ 50,00Preço

    Títulos semelhantes